Programa “Trabalho, Justiça e Cidadania” da 10ª Região conclui capacitação de educadores

Publicado em 6 de junho de 2014 por Lúcia Arantes
image_pdfimage_print

06/06/2014

TJC

Foi concluída na noite de quinta-feira (05) a primeira das cinco fases do projeto Trabalho, Justiça e Cidadania (TJC) deste ano, desenvolvido pela AMATRA X, com palestra proferida pela Dra. Solange Barbuscia de Cerqueira Godoy, juíza da 3ª VT de Taguatinga, sobre questões relacionadas aos Portadores de Necessidades Especiais (PNE).

O encontro, realizado no Foro Trabalhista de Brasília, teve a participação de educadores de diversas instituições públicas de ensino do DF que, agora, em uma segunda fase, aplicarão nas salas de aula os conteúdos trabalhados.

Ao abordar questões relativas aos PNEs – última das quatro temáticas do curso de capacitação – dra. Solange contextualizou histórica, social e legalmente o tema, destacando a importância da necessidade de investimento em esclarecimento.

Especificamente quanto à atual realidade dos alunos portadores de necessidades especiais nas escolas, a magistrada ressaltou a “necessidade de educação especial para quem recebe, antecedida de preparação especial de quem educa”.

Dra. Solange concluiu suas colocações pontuando as ainda existentes distâncias entre teoria e vivências práticas relacionadas ao assunto, concitando os participantes ao engajamento à promoção de conhecimento objetivando mudança cultural e ações/reivindicações de medidas protetivas, de capacitação, condições de acessibilidade, incentivos fiscais à aquisição de equipamentos (a exemplo de próteses e órteses) e outras necessárias ao atingimento da justa igualdade de oportunidades e acessos.

Ivete Aguiar Farias – coordenadora pedagógica da Escola dos Meninos e Meninas do Parque, que atende alunos em situação de rua –, avalia a experiência como importantíssima contribuição ao aperfeiçoamento dos educadores para atividades relacionadas à cidadania. A educadora, pela terceira vez participante do projeto, lembrou ainda o impacto e o efeito das visitas dos magistrados (terceira fase do projeto denominada ‘tira dúvidas’) à escola e seu efeito decisivo no estímulo dos alunos à busca da cidadania integral.

O coordenador do TJC no DF, desembargador Mário Macedo Fernandes Caron, destacou a importância e agradeceu o envolvimento de todos em prol da qualificação do exercício da cidadania, compartilhando, ainda, o desejo de ampliação do Projeto por meio de novas parcerias e adesões.

As instituições de ensino (públicas e privadas), educadores e outros interessados em conhecer/participar do projeto podem obter informações no site da ANAMATRA (www.anamatra.org.br) ou na AMATRA X pelo tel. (61) 3348-1601.

TJC

O Programa Trabalho, Justiça e Cidadania (TJC) é uma iniciativa de construção de cidadania da Associação Nacional dos Magistrados da Justiça do Trabalho (ANAMATRA), desenvolvido regionalmente pela Associação dos Magistrados da Justiça do Trabalho da 10ª Região (AMATRA X) com parcerias e colaboradores diversos, a exemplo do Governo do Distrito Federal, Ministério Público, Tribunal Regional do Trabalho da 10ª região, professores, magistrados, advogados e servidores do Judiciário.

Disseminação de conceitos de cidadania, direitos e deveres; integração do judiciário com a sociedade; e a promoção da qualificação do exercício da cidadania são objetivos basilares do Programa cujo público-alvo é formado por estudantes do ensino fundamental e médio e estudantes de escolas de jovens e adultos (EJAS).

O atual projeto regionalmente desenvolvido é estruturado em cinco fases: capacitação dos multiplicadores (educadores vinculados ao sistema de ensino público); aplicação do conteúdo nas escolas; visita de magistrados às escolas para um ‘tira dúvidas’; visitas dos estudantes ao Foro Trabalhista; e culminância – momento em que os alunos apresentam artisticamente os conteúdos aprendidos.

Equipe do Programa TJC da 10ª Região